Piloto mostra raio-X chocante das pernas quebradas em acidente fatal

Juan Manuel Correa, piloto equatoriano naturalizado norte-americano, mostrou pela primeira vez o raio-X de suas pernas quebradas no acidente na Fórmula 2 que matou o francês Anthoine Hubert, 22 anos, em agosto de 2019.

Correa precisou passar uma semana em uma máquina de suporte de vida pois sofreu graves danos nas pernas. O exame de imagens revelou grandes partes quebradas nos ossos e a primeira cirurgia durou 17 horas. Veja as imagens publicadas pelo piloto:

0

Em novembro de 2019, ele explicou a dimensão das suas lesões: “Perdi seis centímetros de osso na parte inferior da tíbia, mas está crescendo novamente com um dispositivo especial. É por isso que tenho todas aquelas peças de metal em volta da minha perna. Eu faço o osso crescer um milímetro por dia.”

“Basicamente, os médicos reconstruíram minha perna direita. A esquerda sofreu ferimentos muito mais leves, uma única cirurgia foi o suficiente”, revelou a rádio argentina Mundo Sport.

“Infelizmente, é provável que nunca haja uma recuperação completa da minha perna. Mas eu vou lutar para recuperá-lo o suficiente para pisar no acelerador novamente”, comentou. Em setembro deste ano, ele publicou em seu perfil do Instagram que estava entrando para sua 20ª cirurgia, mas ressaltou que já tinha perdido a conta de quantas foram.

Correa projeta voltar às pistas em 2021, mas deseja voltar a dirigir e pilotar ainda em 2020. Ele lembrou o companheiro falecido no acidente quando completou um ano de sua morte e em 22 de setembro, quando Hubert faria 24 anos.

Faça o primeiro comentário a "Piloto mostra raio-X chocante das pernas quebradas em acidente fatal"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*