Hamilton quer viajar menos e ficar mais em casa para renovar com Mercedes

Lewis Hamilton ainda não sabe se estará na Fórmula 1 na próxima temporada. O contrato do recém-coroado heptacampeão mundial se encerra ao fim do ano e as negociações não têm avançado. Segundo o britânico, o problema para renovar com a Mercedes não é dinheiro, mas sim tempo livre.

O piloto deseja reduzir seu número de viagens para ter mais horas de descanso entre os grandes prêmios. O calendário reduzido deste ano — 17 corridas — e as reuniões feitas por videoconferência devido à pandemia do coronavírus agradaram o piloto. Na próxima temporada, o calendário da F1 terá 23 corridas.

“Este ano mostrou que, por exemplo, você pode trabalhar em casa. Portanto, tenho certeza que haverá muitas datas do Zoom (aplicativo de videoconferência) no contrato, em vez dos dias atuais reais, o que significa que tenho que voar menos”, disse Hamilton à TV inglesa BBC.

“O tempo com amigos e família é o mais importante. Se começarmos a viajar mais, quero levar minha família para algum lugar e criar memórias com eles e comemorar com eles por estarem por perto. Este ano não pude vê-los e isso foi o mais difícil”, completou.

0

 

 

Faça o primeiro comentário a "Hamilton quer viajar menos e ficar mais em casa para renovar com Mercedes"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*